TODOS

NOTÍCIAS

MÚSICA

EVENTOS

PODCASTS

PLAYLISTS

  • Min: 20 °C Max: 30 °C
  • Belo Horizonte, 29 de Fevereiro de 2024 geoclima

Alvorada Perfil - O sucesso atemporal de Rick Astley

• 10/02/2024 • Rick Astley

foto

Créditos da Imagem: Dave Simpson/Getty Images

O Alvorada Perfil desta semana conta um pouco da história de Richard Paul Astley, mundialmente conhecido como Rick Astley. Dono de uma voz inconfundível, o cantor alcançou o sucesso ainda na década de 80 aos 21 anos de idade com o hit "Never Gonna Give You Up”. Desde então, o ele se consolidou como uma das referências da música global, e hoje em dia coleciona prêmios e hits, arrastando multidões por onde passa. Confira um pouco mais sobre a carreira de Rick Astley.

 

O INÍCIO

Richard Paul Astley nasceu em 6 de fevereiro de 1966 em Newton-le-Willows, Inglaterra.

Com apenas 5 anos, o ainda jovem cantor enfrentou o divórcio dos pais. Com isso, Astley foi criado por seu pai, mas sempre manteve contato próximo com a mãe.

Um pouco mais tarde, aos 10 anos, Astley começou a cantar no coro de uma igreja local, o que deu início a seu amor pela música.

Durante seu período escolar, Astley formou e tocou bateria em várias bandas locais. Após se formar, o cantor se apresentou no circuito de clubes do Norte em bandas como Give Way e FBI.

Rick Astley (sim, o de Never Gonna Give You Up) está na trilha sonora de  Simon the Sorcerer Origins - Arkade | Arkade

 

Na década de 80, Astley estava consolidado como baterista do FBI, banda local bem conhecida.

Após algumas mudanças, Rick Astley se ofereceu para ser o vocalista principal do grupo. Com isso, foi notado pelo produtor musical Pete Waterman, que o convenceu a ir para Londres para trabalhar no estúdio de gravação Pete Waterman Limited (PWL).

Não demorou muito para o cantor lançar "When You Gonna", single de estreia em parceria com Lisa Fabien.

 

O SUCESSO

Não demorou muito para Rick Astley alcançar o sucesso. Isso porque em 1987, ainda aos 21 anos, o artista lançou o single "Never Gonna Give You Up".

 

A música foi a campeã de vendas no Reino Unido daquele ano.

Seu álbum de estreia, intitulado “Whenever You Need Somebody”, o qual continha "Never Gonna Give You Up", também chegou ao número 1 das paradas britânicas e, no ano seguinte, o álbum chegou ao topo das paradas norte-americanas.

Outros sucessos, como "Together Forever" e "Whenever You Need Somebody", também fazem parte do disco.

No ano seguinte, em 1988, o cantor lançou o álbum “Hold Me in Your Arms”. O primeiro single do disco foi " She Wants to Dance with Me", que se tornou outro grande destaque do artista.

O single homônimo ao álbum foi o grande destaque do trabalho, e até hoje ainda é um dos maiores sucessos de Astley.

 

Em 1989, Rick foi indicado ao Grammy Award na categoria Melhor Novo Artista do Ano. Ele também iniciou sua primeira turnê mundial, percorrendo 15 países.

 

MUDANÇAS E PAUSA NA CARREIRA

Logo no início da década de 90, Astley decidiu deixar seus dias de dance-pop para trás para abraçar a sua verdadeira paixão: o soul.

Já imerso na nova vertente, o cantor lançou “Free”, seu terceiro álbum de estúdio. O trabalho conta com colaborações de Elton John.

Dentre os sucessos, o disco trouxe hits como "Cry For Help", "Never Knew Love" e "Behind the Smile".

 

Seu próximo disco foi “Body and Soul”, de 1993, que não fez tanto sucesso.

Naquele mesmo ano, Astley se aposentou da indústria musical para ficar mais próximo da família. Com isso, durante grande parte da década de 1990 e início de 2000, o cantor permaneceu fora dos holofotes.

 

O RETORNO

Após ficar um tempo longe dos palcos, Astley voltou à ativa no início dos anos 2000 com o lançamento do álbum “Keep It Turned On”.

Image

 

Em 2004, o cantor embarcou em uma turnê pela primeira fez em 14 anos, o que lhe rendeu um contrato discográfico com a Sony BMG.

Em 2005, Rick lançou “Portrait”, álbum no qual fez covers de seus clássicos preferidos do soul.

No disco, estão presentes sucessos como “Vincent (Starry Starry Night)” de Don McLean e “Close to You” de Burt Bacharach.

 

No ano de 2008, o talento do cantor foi reconhecido mais uma vez, ao ser indicado ao prêmio de 'Melhor Artista de Todos os Tempos' no MTV Europe Music Awards.

Ao longo da década de 2000, Rick Astley viajou pelo mundo em turnê. Nomes como Boy George e Belinda Carlisle também marcaram presença ao lado do cantor em algumas apresentações.

Astley voltou a ocupar o topo das paradas em 2016, com o álbum “50”. O primeiro single do disco foi "Keep Singing", que fez grande sucesso.

 

Em 2023, o cantor lançou “Are We There Yet?”, seu trabalho mais recente.

VEJA TAMBÉM

29/02/2024

Academia confirma Billie Eilish no Oscar 2024

29/02/2024

Laura Pausini anuncia novas datas para turnê mundial