• Min: 9.5 ºC Max: 24 ºC
  • Belo Horizonte, 05 de Agosto de 2020 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

De artista teen a destaque da MPB: conheça a trajetória de Luiza Possi

• 31/07/2020 •

foto

Luiza Possi Gadelha, ou apenas Luiza Possi, é uma cantora e compositora carioca, filha de artistas e que hoje mora em São Paulo com o marido e o filho, Lucca, que acabou de completar um ano de idade. Aos 36 anos, sua carreira na música já é extensa e dura quase 20 anos desde sua primeira apresentação solo e a produção do primeiro disco. 

Filha da cantora Zizi Possi e do guitarrista, produtor e empresário musical, Líber Gadelha, apesar de ter prestado vestibulares e entrado em universidades, Luiza Possi nunca negou a veia artística da família e sua paixão e vocação para a música vem desde a infância.

Atualmente listada entre os maiores nomes da MPB de sua geração, Luiza começou sua carreira tocando em bandas, ainda no colegial, onde já teve a oportunidade de tocar para públicos grandes em abrir shows e festivais para artistas como o Skank

Começou sua carreira solo acompanhada em 2001, quando foi ao “Programa do Jô” junto com a mãe e cantou pela primeira vez em rede nacional. A partir daí, Luiza começou a ser procurada por gravadoras e produtoras, e acabou por gravar e lançar seu primeiro disco, “Eu Sou Assim” com a gravadora do pai, a Indie Records, em que cantava música Pop Teen, para o público adolescente. 

DISCOGRAFIA 

As músicas e produções da cantora mudaram muito desde então. Após a revelação no álbum de estreia, Possi já gravou outros cinco álbuns de estúdio. Seu segundo trabalho foi “Pro Mundo Levar” (2004), onde, além da influência de pop rock, começam a aparecer traços da MPB no trabalho da artista, que já canta letras de artistas como Frejat, Zeca Baleiro e Roberto Carlos e composições próprias, como “Tudo que há de bom” e “Sair de casa”. 

Seu terceiro disco de estúdio, “Escuta” (2006) já traz muito do MPB e menos do pop ou do rock, e foi com ele que Luiza disse ter descoberto que o “verdadeiro significado da música” em sua vida. Nele, além das composições próprias, Possi canta músicas de compositores consagrados, como Jorge Vercilo, Vander Lee, Paulinho Moska e Chico César. 

Desde então, seus álbuns são voltados para a MPB, mas sempre flertando com outros estilos e trazendo nomes de peso da música nacional para parcerias, como Samuel Rosa, Herbert Vianna, Erasmo Carlos, Lulu Santos, Ivete Sangalo e sua mãe, Zizi Possi. Seu último disco de estúdio lançado é o “LP” (2016), que não tem participações e conta com 10 faixas que circulam entre composições próprias, releituras de canções do pop, como “Insight”, do compositor paraense Jaloo, e do rock, como “Como eu quero”, do Kid Abelha. 

Em seu projeto mais recente, Luiza Possi lançou em 2020 o “Microfonados”, uma série do estúdio Midas que traz artistas para a gravação de um formato acústico em que a única coisa plugada na sala são microfones, dando tom de intimidade e acolhimento. Contando ainda com conversas e histórias sobre as músicas, entre as oito faixas que compõem o trabalho, dois grandes nomes que aparecem no trabalho são Sérgio Britto, do Titãs, e Vitor Kley, que também já fez sua própria versão da série.

LUGAR COMUM

Em live feita no último dia 27 pelo Instagram da Alvorada FM, Luiza Possi conta que, lançada muito jovem como cantora, ela não tinha como fugir do Pop Teen, mas que logo procurou fazer mudança para ser consagrada como uma “cantora mesmo”, já que, segundo ela, havia certo preconceito com a música pop nos anos 2000. Assim, seguiu no MPB e agora, após se consagrar de fato como cantora, ela volta em alguns momentos ao pop, tanto atual quanto de outras décadas. “Eu acho que a Luiza do primeiro disco e a Luiza de hoje se falam até mais do que a Luiza de lá e a de 2006. Hoje acho que a Luiza do Pop e a do MPB conseguiu chegar em um lugar comum”, conta. 

Hoje Luiza Possi se destaca muito nos palcos por sua presença, com danças e performances, o que ficou claro a partir de 2016, quando apresentou o musical “Divas” em palcos de todo o Brasil. Esta experiência e sua participação no quadro “Dança dos Famosos” deram origem, entre 2017 e 2018, a turnê “Who’s Bad?”, em que Possi dançava e cantava um repertório completo com músicas do rei do Pop, Michael Jackson.

Para além do pop e da MPB, Possi transita na música de qualidade entre variados gêneros. No fim de 2019, a convite da Alvorada FM e da Filarmônica de Minas Gerais, Luiza Possi fez parte do Concerto de Natal em BH, cantando a música “Noite Azul”, de Klecius Caldas e Armando Cavalcanti, composta em 1948.

Fechando o ano de 2019 com chave de ouro nas apresentações de Natal com a Filarmônica, 2019 foi um ano muito agitado para a cantora, que além de sua turnê solo, fez turnê acompanhada da mãe e trabalhou em novos projetos. Durante os dias do Concerto de Natal, Possi esteve na Alvorada FM para falar sobre o projeto e a conciliação da carreira com o início da maternidade. Confira, abaixo, a entrevista:

Luiza já traçou carreira também na TV Brasileira, para além da música. Esteve na programação tanto aberta quanto a cabo como apresentadora, jurada, produtora e até colunista. Entre eles, esteve no Ídolos, The Voice Brasil, Encontro com Fátima Bernardes e Som do Brasil.  

REDES SOCIAIS

Apesar de estar presente nas redes sociais, Luiza não é uma oversharer (aquela pessoa que posta de tudo nas redes) nem como artista nem como mãe. Apesar dos seus 1,4 milhão de seguidores no Instagram, por exemplo, ela considera que as pessoas que a seguem não a veem como uma influenciadora, mas estão ali para acompanhá-la como artista. “Eu acho que o artista ele não tem seguidores, ele tem fãs, então eu tenho uma base de fãs do meu trabalho, do palco. É diferente a relação do seguidor e a do fã”, explica. 

Entre suas postagens um pouco mais regulares, é possível ver várias fotos e vídeos de seu filho Lucca, que acaba de completar um ano. Segundo Possi, estes momentos com o filho durante o isolamento social tem sido o conteúdo que ela mais gosta de postar. “Sei que as pessoas vão ficar felizes vendo ele, mas também procuro não pesar a mão para não ficar massante”, conta.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Luiza Possi ????️+ (@luizapossi) em

Nesta segunda-feira (27), a Alvorada FM conversou com Luiza Possi em uma live pelo Instagram, falando um pouco mais sobre a vida e carreira na música, quarentena e novos projetos. Assista abaixo: 

VEJA TAMBÉM

05/08/2020

Seu Jorge anuncia live show em tributo a Bowie

04/08/2020

Novos Baianos anunciam live em tributo a Moraes Moreira