• 22ºC
  • Belo Horizonte, 19 de Novembro de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Afetadas por barragens, Mariana e Brumadinho começam a receber tributos do governo de Minas

• 16/05/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

Tributos devidos pelo governo de Minas às prefeituras de Brumadinho e Mariana começam a ser pagos hoje (16). Os repasses foram acertados no início de abril, em acordo entre o executivo estadual e a Associação Mineira de Municípios, e se referem a uma ajuda para que as cidades se recuperem dos danos provocados pelo rompimento de barragens da Vale. Ontem (15), a Justiça determinou o bloqueio de R$ 60 milhões da Tüv Süd, empresa responsável pelos laudos que atestavam a segurança da barragem que se rompeu na mina Córrego do Feijão. A decisão também proíbe, em Brumadinho, qualquer atividade da empresa relativa a análises, estudos e relatórios técnicos referentes a segurança de barragens. A Tüv Süd disse que não vai se manifestar sobre a decisão em respeito às investigações do caso.

Tags: brumadinho , Governo de Minas , Barragens , Mariana


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

18/11/2019

Enquete, Nova Versão

Obras da nova captação de água do Rio Paraopeba, em Brumadinho, estão paralisadas por determinação da justiça

18/11/2019

Painel Alvorada

Polícia Civil identifica mais uma vítima da tragédia em Brumadinho

18/11/2019

Painel Alvorada

Mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho é identificada

MAIS RECENTES

Augusto Aras assume posição contrária a Flávio Bolsonaro em julgamento

Polícia Civil indicia cabo da PM do Rio pela morte da menina Ágatha Félix

Comissão na Câmara de BH pede cassação de Wellington Magalhães

Mais de três milhões buscam emprego há mais de dois anos no Brasil, diz IBGE

VER MAIS NOTÍCIAS