• Min: 14 °C Max: 27 °C
  • Belo Horizonte, 27 de Outubro de 2020 geoclima

Agências da caixa funcionam no sábado para beneficiários do auxílio emergencial

• 04/09/2020 • Painel Alvorada

foto

Mais uma parcela do auxílio emergencial será paga nesta sexta-feira (04/09) para mais de 4 milhões de trabalhadores nascidos em março que fazem parte do Cadastro Único e aqueles inscritos por meio de aplicativo, site ou pelos Correios. Saques e transferências para quem receber o crédito serão liberados a partir do próximo dia 29. O calendário completo está disponível no site da Caixa.

AGÊNCIAS FUNCIONAM NO SÁBADO

Setecentas e 70 agências da Caixa Econômica Federal, 60 delas em Minas, serão abertas neste sábado (05/09) em todo o Brasil para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial e do saque emergencial do FGTS. Quatro milhões de trabalhadores nascidos em setembro poderão sacar o auxílio emergencial, assim como transferir valores para outros bancos. Já os nascidos em abril vão receber o crédito do Fundo de Garantia nas mesmas condições. As agências abrem das 8h ao meio-dia e todas as pessoas que chegarem ao banco serão atendidas.

Tags: Caixa Econômica Federal , FGTS , Auxílio emergencial


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

21/10/2020

Enquete, Nova Versão

Mais de 5 milhões de beneficiários recebem nova parcela do auxílio emergencial

21/10/2020

Repórter Alvorada

Caminhão para renegociação de dívidas da Caixa fica em BH até sexta-feira

21/10/2020

Painel Alvorada

Quase 6 milhões de beneficiários recebem nova parcela do auxílio emergencial

MAIS RECENTES

Defesa Civil emite alerta de risco geológico em BH

Coronavírus já matou 8.779 pessoas em MG

STF nega pedido do governo de MG para retornar aulas presenciais nas escolas estaduais

Cruzeiro faz acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional para equacionar dívidas com a União

VER MAIS NOTÍCIAS