• Min: 14 °C Max: 24 °C
  • Belo Horizonte, 23 de Outubro de 2020 geoclima

Alvorada em Pauta esclarece dúvidas sobre o pagamento do auxílio emergencial

• 26/04/2020 • Alvorada em Pauta

foto
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Uma das principais medidas para conter o avanço do novo coronavírus no Brasil foi o isolamento social, que é recomendado por médicos para evitar uma sobrecarga no sistema de saúde. As restrições na circulação de pessoas e o fechamento de atividades consideradas não essenciais, porém, provocaram reflexos negativos na economia. Trabalhadores informais, autônomos e microempreendedores ficaram sem fonte de renda. Por isso, o Congresso aprovou uma lei que autoriza o pagamento de três parcelas de R$ 600 a esses brasileiros. O superintendente da Caixa em Minas, Marcelo Bonfim, responde as principais dúvidas sobre o auxílio emergencial no Alvorada em Pauta. Confira na entrevista com o repórter Victor Lobato. 

 

SERVIÇO

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro concedido pelo Governo Federal destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19

 

Quem tem direito ao Auxílio

Pode solicitar o benefício o cidadão maior de 18 que atenda a todos os seguintes requisitos:

• Esteja desempregado ou exerça atividade na condição de:

- Microempreendedores individuais (MEI);  

- Contribuinte individual da Previdência Social; 

- Trabalhador Informal.

• Pertença à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo  (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

 

Quem não tem direito ao Auxílio

• Tenha emprego formal ativo;

• Pertence à família com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou cuja renda mensal por pessoa maior que meio salário mínimo (R$ 522,50);

• Está recebendo Seguro Desemprego;

• Está recebendo benefícios previdenciários, assistenciais ou benefício de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;

• Recebeu rendimentos tributáveis acima do teto de R$ 28.559.70 em 2018, de acordo com declaração do Imposto de Renda.

 

Como receber o Auxílio Emergencial

• Desde que atenda às regras do Auxílio, quem já está cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), ou recebe o benefício Bolsa Família, receberá o benefício automaticamente, sem precisar se cadastrar.

• As pessoas que não estão cadastradas no Cadastro Único, mas que têm direito ao Auxílio, poderão se cadastrar no aplicativo ou site do Auxílio Emergencial.

• O cadastro será analisado e o resultado da solicitação  poderá ser acompanhado pelo próprio aplicativo Auxílio Emergencial.

• Assim que o cadastro for confirmado e se o usuário não possuir conta na CAIXA ou Banco do Brasil, será gerado um código que deverá ser utilizado para acesso a sua Conta Poupança Social pelo aplicativo Caixa TEM.

 

Informações e pagamento do Auxílio Emergencial

Vale ressaltar que a prestação de informações sobre cadastro e pagamento do Auxílio Emergencial está disponível apenas por meio do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial, do site auxilio.caixa.gov.br e da central telefônica exclusiva 111.

Tags: Caixa Econômica Federal , notícias , Alvorada em Pauta , Auxílio emergencial


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

Victor Lobato

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

21/10/2020

Enquete, Nova Versão

Mais de 5 milhões de beneficiários recebem nova parcela do auxílio emergencial

21/10/2020

Repórter Alvorada

Caminhão para renegociação de dívidas da Caixa fica em BH até sexta-feira

21/10/2020

Painel Alvorada

Quase 6 milhões de beneficiários recebem nova parcela do auxílio emergencial

MAIS RECENTES

Prazo de suspensão da prova de vida é prorrogado para novembro

União civil entre homossexuais é defendida pelo Papa Francisco

Kassio Marques é aprovado pelo Senado para assumir vaga no STF

Pesquisa da UFMG vai investigar transmissão do coronavírus entre animais e humanos

VER MAIS NOTÍCIAS