• Min: 18 °C Max: 29 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Novembro de 2021 geoclima

Após impasse, lançamento do Auxílio Brasil é adiado

• 20/10/2021 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução Secretaria-Geral da Presidência da

Lançamento do Auxílio Brasil, programa que vai substituir o Bolsa Família, foi adiado ontem (19) pelo governo federal. O cancelamento do anúncio se deve ao impasse entre as alas econômica e política do Palácio do Planalto. A intenção do presidente Jair Bolsonaro era turbinar o projeto, passando o valor médio do benefício de R$ 189 para R$ 400, e anunciá-lo o quanto antes, já que a última parcela do Auxílio Emergencial termina este mês. Porém, essa nova quantia gerou reação negativa no mercado financeiro, que alega objetivo eleitoreiro e falta de responsabilidade fiscal, já que o programa levaria ao descumprimento do teto de gastos. Ainda não foi informada a nova data de lançamento do Auxílio Brasil.

Ontem, a Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda de 3,28%, aos 110.672 pontos. Já o Dólar Comercial valorizou 1,33%, vendido a 5 reais e 59 centavos; enquanto o Euro teve alta de 1,54%, negociado a R$ 6,50.

Tags: Governo Bolsonaro , Paulo Guedes , Mercado Financeiro , Auxílio Brasil


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

30/11/2021

Enquete, Nova Versão

Câmara pode votar hoje PEC que mantém incentivos a empresas de tecnologia

30/11/2021

Painel Alvorada

Adolescentes de 15 anos recebem hoje a 2ª dose em BH

30/11/2021

Painel Alvorada

Câmara aprova texto-base que cria Auxílio Brasil, novo Bolsa Família de Bolsonaro

MAIS RECENTES

Kalil sobre Réveillon e carnaval em BH em 2022: 'Prefeitura não vai patrocinar'

Ex-colônia britânica de Barbados se torna oficialmente uma república

Testes na Holanda mostram que Ômicron chegou à Europa antes de voos serem banidos

CCJ do Senado aprova relatório da PEC dos Precatórios

VER MAIS NOTÍCIAS