• Min: 6,3 °C Max: 21 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Julho de 2021 geoclima

Bolsonaro deve depor presencialmente em inquérito sobre suposta interferência na Polícia Federal, decide Celso de Mello

• 11/09/2020 • Painel Alvorada

foto
Foto: Carolina Antunes/PR

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello determinou, nesta sexta-feira (11), que o presidente Jair Bolsonaro terá que prestar depoimento presencial no inquérito que apura suposta interferência na Polícia Federal. Segundo a decisão do magistrado, o depoimento por escrito só é autorizado quando o chefe de um dos três poderes seja testemunha ou vítima em um caso. Como Bolsonaro é investigado no inquérito, ele terá que comparecer presencialmente para falar sobre as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro. Após pedir demissão do cargo em abril, Moro afirmou que o presidente tentou interferir na Polícia Federal por supostamente determinar trocas dos superintendentes regionais do órgão, principalmente o do Rio de Janeiro. Os advogados do ex-ministro poderão fazer perguntas a Bolsonaro durante o depoimento, que ainda não teve local e data definidos.

Tags: painel , Polícia Federal , STF , Sérgio Moro , Jair Bolsonaro , notícias


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

30/07/2021

Enquete, Nova Versão

Pedido para apurar suposta corrupção no caso Covaxin foi "informal", diz Pazuello

30/07/2021

Painel Alvorada

Bolsonaro recua e sinaliza que deve liberar fundo eleitoral de R$ 4 bilhões

30/07/2021

Painel Alvorada

Manifestações contra Bolsonaro são realizadas no Brasil

MAIS RECENTES

Nos pênaltis, Seleção feminina perde para o Canadá e está fora das Olimpíadas

Vacinação contra covid-19 em BH é ampliada para moradores com 35 anos

Terceiro lote de restituições do Imposto de Renda é pago nesta sexta-feira

Incêndio destrói parte do acervo da Cinemateca Brasileira

VER MAIS NOTÍCIAS