• Min: 13 ºC Max: 25 ºC
  • Belo Horizonte, 06 de Junho de 2020 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Bolsonaro diz que queimadas podem ter sido causadas por ONGs

• 22/08/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (20) que ONGs podem ser responsáveis por queimadas na região amazônica. Segundo ele, os crimes seriam uma forma de retaliação após o governo tirar dinheiro das organizações.

O objetivo das ONGs, segundo Bolsonaro, seria “chamar atenção” contra o governo do Brasil no exterior. O presidente disse não haver nenhuma investigação sobre o tema. As declarações ocorrem após o INPE divulgar que a Amazônia concentra mais de 50% dos focos de queimadas no Brasil neste ano.

De janeiro a 18 de agosto, o número de registros aumentou 82% em relação ao mesmo período de 2018. Entidades como o Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental e WWF Brasil criticaram a fala de Bolsonaro e a classificaram como "irresponsável".

Tags: Meio Ambiente , Jair Bolsonaro , Floresta Amazônia , Desmatamento Amazônia , ONG


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

05/06/2020

Enquete, Nova Versão

Projeto que prevê repasse de R$ 3 bilhões para cultura vai à sanção presidencial

05/06/2020

Linha Direta com Brasília

Ampliação do auxílio emergencial vira disputa política em Brasília

05/06/2020

Painel Alvorada

MPF conclui que Adélio Bispo agiu sozinho em ataque a Bolsonaro

MAIS RECENTES

Barreiras sanitárias de BH abordaram 900 pessoas com sintomas de Covid-19

Cruzeiro rescinde contratos de Edílson e Robinho

BH inicia nova fase de flexibilização do comércio na segunda-feira (08)

Projeto que prevê repasse de R$ 3 bilhões para cultura vai à sanção presidencial

VER MAIS NOTÍCIAS