• 28ºC
  • Belo Horizonte, 15 de Dezembro de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Brumadinho: Vale sabia que trabalhadores não teriam tempo de sair do local

• 28/06/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução/Mídia Ninja

Tempo para evacuação de trabalhadores da mina Córrego do Feijão era de apenas um minuto. Foi o que disse ontem (27) um engenheiro terceirizado da Vale, Sérgio Pinheiro, da empresa Walm Engenharia Tecnologia Ambiental, em depoimento prestado à CPI de Brumadinho na Assembleia. Ele ainda afirmou que a mineradora sabia que não haveria tempo suficiente para que os trabalhadores do refeitório e da área administrativa deixassem a área atingida pelos rejeitos.

 

O profissional, que participou da elaboração do plano de ação de emergência do complexo, informou que o documento não tratava de fatores de segurança ou estabilidade relativos à estrutura que entrou em colapso. Em nota, a Vale disse que o rompimento se deu de forma abrupta, sem sinais prévios, o que impossibilitou o acionamento do protocolo para esse tipo de situação. Duzentas e setenta pessoas morreram na tragédia, em 25 de janeiro, e 24 delas ainda não foram encontradas.

Tags: brumadinho , Vale , Barragens


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

13/12/2019

Enquete, Nova Versão

Vale irá financiar Rodoanel em BH

13/12/2019

Repórter Alvorada

Estudo mostra que liquefação foi a causa do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho

13/12/2019

Alvorada em Pauta

Alvorada em pauta fala sobre a tragédia de Brumadinho

MAIS RECENTES

Congresso aprova emenda que muda relação entre poderes

Novos saques do FGTS beneficiarão mais de 10 milhões de brasileiros

Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe, é escolhido como um dos 10 principais cientistas do mundo pela revista “Nature”

Áreas sob alerta de desmatamento na Amazônia crescem 78% em relação ao ano passado

VER MAIS NOTÍCIAS