• Min: 20 °C Max: 35 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Setembro de 2020 geoclima

CSN se recusa a retirar moradores de área de risco de barragem em Congonhas

• 27/03/2019 • Notícias

foto
Foto: Google Maps

A CSN, Companhia Siderúrgica Nacional, se recusou a cumprir uma recomendação do Ministério Público de Minas relativa à retirada de uma creche e de uma escola municipal que funcionam na área de risco de rompimento da barragem Casa de Pedra, em Congonhas, na região Central do estado. De acordo com o órgão, o prazo para cumprimento da medida terminou ontem (26), mesma data em que a mineradora deveria ter apresentado um plano para a remoção de 2,5 mil pessoas que vivem no entorno da barragem. Devido ao descumprimento das determinações, o MP vai acionar a Justiça contra a CSN para garantir os direitos da população local. A Companhia informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Tags: Barragens , CSN , Congonhas


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

31/08/2020

Enquete, Nova Versão

Segmento de corpo é encontrado nos rejeitos em Brumadinho

31/08/2020

Painel Alvorada

Governo anuncia investimento de R$ 416 mi na Bacia do Rio Doce para reparação de danos causados pelo rompimento de barragem em Mariana

31/08/2020

Painel Alvorada

Número de barragens em Minas em nível de alerta sobe para 42

MAIS RECENTES

Brasil se aproxima da marca de 143 mil mortes por coronavírus

Lei que amplia punição de maus-tratos contra os animais é sancionada por Bolsonaro

Terminam hoje as inscrições para vagas remanescentes do ProUni

Artistas brasileiros são indicados para 12 categorias do Grammy Latino

VER MAIS NOTÍCIAS