• Min: 10 ºC Max: 24 ºC
  • Belo Horizonte, 31 de Maio de 2020 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Empresa volta atrás e importações de couro não serão suspensas

• 30/08/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

Importações de couro brasileiro não serão suspensas, como havia afirmado na quarta-feira (28) o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil. De acordo com comunicado feito nesta quinta-feira (29) pelo presidente da entidade, José Fernando Bello, ele se precipitou ao enviar uma carta aberta sobre o assunto ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

O documento, assinado pelo próprio Bello, informava que 18 empresas como Vans, Kipling e Timberland deixariam de comprar o produto devido às queimadas na Amazônia. Apesar do recuo, a entidade afirmou que as marcas gostariam de “esclarecimentos adicionais” sobre a origem do material, já que os incêndios possivelmente estariam associados à atividade pecuária na região. Atualmente, 80% da produção de couro no Brasil é exportada, movimentando cerca de US$ 2 bilhões por ano.

Tags: Brasil , Governo Federal , Desmatamento Amazônia , Importação , Couro


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

29/05/2020

Enquete, Nova Versão

Brasil ultrapassa a marca de 26 mil mortes por coronavírus

29/05/2020

Alvorada Cultural

Alvorada Cultural entrevista Luiz Carlos Sá

29/05/2020

Painel Alvorada

Brasil ultrapassa marca de 400 mil casos de coronavírus

MAIS RECENTES

Sugestões para orçamento 2021 podem ser feitas em BH

Campanha do Agasalho 2020 é iniciada pela Arquidiocese de BH

UFMG seleciona bolsistas para projeto contra a dengue

Brasileiros fumam mais e estão mais deprimidos durante pandemia, diz pesquisa

VER MAIS NOTÍCIAS