• Min: 17 °C Max: 29 °C
  • Belo Horizonte, 23 de Janeiro de 2021 geoclima

Funcionários terceirizados da Vale são ouvidos em CPI de Brumadinho

• 16/07/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Clarissa Barçante/ALMG

Três funcionários de empresas que prestavam serviços para a Vale, em Brumadinho, foram ouvidos nesta segunda-feira (15) na CPI da Assembleia. Antônio França Filho, da empresa Reframax, trabalhou no serviço de contenção dos vazamentos vistos na barragem, em junho de 2018, e afirmou que era possível ver água vazando da estrutura. Outro depoimento foi do gestor de produção Romero Xavier, também da Reframax, que afirmou ter participado de treinamentos para autossalvamento promovidos pela Vale e que a fuga levaria entre 8 e 20 minutos, dependendo do ponto em que estariam. Já o diretor de operações da Alphageos Tecnologia Aplicada, Marcelo dos Santos, contestou a informação de técnicos da Vale de que o décimo quinto dreno tenha causado um fraturamento hidráulico na estrutura da barragem. Ele explicou que o equipamento nem chegou a ser instalado.

Tags: Vale , Barragens , CPI Brumadinho


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

22/01/2021

Enquete, Nova Versão

Negociações sobre reparação em Brumadinho terminam sem acordo com a Vale

22/01/2021

Painel Alvorada

Texto definitivo para reparação de perdas em Brumadinho deve ser entregue na semana que vem

22/01/2021

Painel Alvorada

Moradores de Nova Lima e Raposos vão participar de testes das sirenes de barragens da Vale

MAIS RECENTES

Quase R$ 312 milhões em prêmios da loteria não foram resgatados em 2020

Mundo tem mais de 56 milhões de pessoas imunizadas contra a Covid-19

Câmara entrega pedido de impeachment de Donald Trump ao Senado na próxima segunda-feira

Revisão do Minas Consciente pode flexibilizar regras de funcionamento do comércio não essencial

VER MAIS NOTÍCIAS