• Min: 13 ºC Max: 25 ºC
  • Belo Horizonte, 06 de Junho de 2020 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Governadores da Amazônia Legal lamentam posicionamento do governo brasileiro

• 19/08/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução/YouTube

Governadores da Amazônia Legal lamentaram neste domingo (18), por meio de nota, as posições do governo brasileiro que fizeram Alemanha e Noruega cancelarem os investimentos para ajudar na preservação da Floresta Amazônica.

O comunicado foi divulgado pelo governador do Amapá, Waldez Góes, do PDT, presidente do Consócio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal. O grupo é formado por outros 8 governadores.

Segundo ele, os dirigentes pretendem negociar diretamente com os países envolvidos./A resposta veio após Noruega e Alemanha suspenderem repasses de mais de R$ 250 milhões para a proteção da Floresta. Ainda segundo o comunicado, o governo federal sinalizou positivamente para agendar uma reunião com os governadores para abordar as questões ligadas ao meio ambiente.

Tags: Brasil , Amazônia , Meio Ambiente , Floresta Amazônia


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

05/06/2020

Enquete, Nova Versão

Brasil se torna 3º país do mundo com mais mortes por coronavírus

05/06/2020

Painel Alvorada

Brasil é o 4º país com mais mortes por coronavírus

05/06/2020

Alvorada Esporte

Apoio financeiro a confederações é lançado pelo Comitê Olímpico Brasileiro

MAIS RECENTES

Barreiras sanitárias de BH abordaram 900 pessoas com sintomas de Covid-19

Cruzeiro rescinde contratos de Edílson e Robinho

BH inicia nova fase de flexibilização do comércio na segunda-feira (08)

Projeto que prevê repasse de R$ 3 bilhões para cultura vai à sanção presidencial

VER MAIS NOTÍCIAS