• 24ºC
  • Belo Horizonte, 15 de Julho de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Informação pode ser recurso valioso para mulheres no combate à violência obstétrica

• 04/04/2019 • Ciência em Foco

foto

Uma em cada quatro mulheres que já tiveram filhos foram submetidas a algum tipo de violência obstétrica, segundo dados da Organização Mundial da Saúde. Muitas delas nem sabem que foram vítimas do problema. Isso por que a prática pode ter diversas formas: desde a recusa no atendimento, procedimentos médicos desnecessários, entre outras situações que causam constrangimento e desconforto à gestante. Em Minas, uma lei para coibir estas situações foi aprovada em dezembro do ano passado, e é sobre este assunto que a repórter Ana Clara Moreira conversou com o ginecologista e obstetra William Fontes.

Tags: saúde , violência , parto


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

Ana Clara Moreira

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

11/07/2019

Enquete, Nova Versão

Bebidas açucaradas podem aumentar o risco de câncer

11/07/2019

Painel Alvorada

Minas confirma 127 mortes por dengue neste ano

11/07/2019

Repórter Alvorada

Chega a 80 o número de casos suspeitos de febre maculosa em Contagem

MAIS RECENTES

Listas de espera do ProUni e FIES estão abertas

Mercado financeiro reduz estimativa de crescimento do PIB

Igrejinha da Pampulha já tem data marcada para reabertura

Nadadora brasileira conquista vaga nas Olimpíadas de Tóquio

VER MAIS NOTÍCIAS