• Min: 19 °C Max: 31 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Outubro de 2020 geoclima

Investigações apontam que prefeito teria adquirido imóvel de R$ 3 milhões

• 18/07/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos ontem pelo Ministério Público e pela Polícia Civil nas casas e nos gabinetes do prefeito de Contagem, Alex de Freitas, e do secretário de Defesa Social, Décio Camargos. Eles são suspeitos dos crimes contra o patrimônio público, de lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Segundo o órgão, o prefeito usou o secretário como laranja na compra de um imóvel de R$ 3,3 milhões. Em coletiva de imprensa nesta quarta, tanto o prefeito quanto o secretário, negaram as denúncias. O prefeito disse que em 2016, logo após vencer as eleições, teve a casa invadida e o portão apedrejado. Por questão de segurança, passou a procurar um imóvel para morar junto com a família. Uma casa em um condomínio fechado teria despertado a atenção do prefeito, mas, segundo ele, o preço de venda do imóvel era incompatível com a renda ou patrimônio dele. Foi quando o secretário e amigo pessoal Décio Camargos decidiu comprar a casa por R$ 3 milhões e alugá-la para o prefeito por R$ 4.500.

Tags: Prefeitura de Contagem , Alex de Freitas


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

23/03/2020

Enquete, Nova Versão

Acesso do público na Ceasa de Contagem será restringido a partir de hoje

23/03/2020

Painel Alvorada

Alex de Freitas diz que não disputará reeleição para a Prefeitura de Contagem

23/03/2020

Repórter Alvorada

Retirada do camelódromo de Contagem pode desempregar cerca de 2 mil trabalhadores

MAIS RECENTES

Campanha de vacinação é prorrogada até 20/11 em MG

Brasil ultrapassa a marca de 158 mil mortes por coronavírus

Taxa básica de juros é mantida em 2% ao ano pelo Copom

Feira de imóveis tem descontos de até R$ 30 mil no IPTU

VER MAIS NOTÍCIAS