• ºC
  • Belo Horizonte, 14 de Dezembro de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Justiça quebra sigilo telefônico de Pimentel em investigação sobre Cemig

• 26/07/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

A Polícia Federal determinou a quebra de sigilo telefônico do ex-governador Fernando Pimentel para saber se ele foi um dos beneficiados no esquema da Cemig. Em nota, a Companhia informou que colabora com as autoridades. Já Pimentel disse que desconhece o motivo da quebra do sigilo telefônico e que a investigação cuida de fatos anteriores ao mandato dele.

Operação que investiga desvio de recursos na Cemig foi deflagrada ontem pela Polícia Federal em Minas, São Paulo e na Bahia. Segundo investigações, a Cemig teria feito um aporte de R$ 800 milhões a uma empresa de energia eólica chamada Renova. Após o investimento, a Renova teria fechado um contrato superfaturado de R$ 40 milhões com outra empresa, a Casa dos Ventos. Parte do dinheiro supostamente foi recebido por pessoas ligadas ao PT de Minas e da Bahia e ao PSDB mineiro.

Tags: Polícia Federal , Corrupção , Fernando Pimentel , Cemig , Investigação , PT


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

10/12/2019

Enquete, Nova Versão

Índice de mortes de lideranças indígenas em 2019 é o maior em 10 anos

10/12/2019

Painel Alvorada

Ex-presidentes Lula e Dilma Roussef foram absolvidos no caso do quadrilhão do PT

10/12/2019

Painel Alvorada

Fernando Pimentel é condenado a 10 anos e seis meses de prisão

MAIS RECENTES

Congresso aprova emenda que muda relação entre poderes

Novos saques do FGTS beneficiarão mais de 10 milhões de brasileiros

Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe, é escolhido como um dos 10 principais cientistas do mundo pela revista “Nature”

Áreas sob alerta de desmatamento na Amazônia crescem 78% em relação ao ano passado

VER MAIS NOTÍCIAS