• Min: 6,3 °C Max: 21 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Julho de 2021 geoclima

Mais de 40 denúncias de uso e venda de linhas cortantes foram feitas em agosto

• 03/09/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução/YouTube

Mais de 40 denúncias de uso e venda ilegal de cerol e linhas chilenas foram recebidas no mês passado pela Secretaria de Estado de Segurança Públuca de Minas. Segundo a pasta, do total, quatro casos já foram apurados e outros 40 são investigados.

De janeiro a julho deste ano, o Pronto Socorro João 23 recebeu mais de 20 pessoas feridas com linhas cortantes, 13 delas somente em julho. Uma dessas vítimas foi o jovem Gabriel Alves, de 15 anos, que precisou ter a perna amputada após ser gravemente ferido por uma linha chilena, que pode cortar até 4 vezes mais que o cerol comum.

A polícia informa que a denúncia do uso ou comércio do material pode ser feita de forma anônima, pelo telefone do Disque-Denúncia, o 181.

Tags: Crime , linha chilena , cerol , Linhas Cortantes , acidentes


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

02/02/2021

Enquete, Nova Versão

Minas concentra maioria dos acidentes com vítimas em rodovias federais no ano passado

02/02/2021

Painel Alvorada

PRF registra dez mortes no feriado prolongado de Natal

02/02/2021

Painel Alvorada

Senado aprova projeto que prevê aumento da pena para crimes de racismo e homofobia

MAIS RECENTES

Nos pênaltis, Seleção feminina perde para o Canadá e está fora das Olimpíadas

Vacinação contra covid-19 em BH é ampliada para moradores com 35 anos

Terceiro lote de restituições do Imposto de Renda é pago nesta sexta-feira

Incêndio destrói parte do acervo da Cinemateca Brasileira

VER MAIS NOTÍCIAS