• Min: 18 °C Max: 32 °C
  • Belo Horizonte, 01 de Dezembro de 2020 geoclima

Médico recebe liberdade provisória após morte de paciente em UPA

• 25/10/2019 • Repórter Alvorada

foto
Foto: Alex de Jesus

Médico suspeito de negar atendimento a idoso que morreu na UPA Ressaca, em Contagem, na Grande BH, conseguiu nesta quinta-feira (24) a liberdade provisória. Celso Siqueira, de 51 anos, estava detido na penitenciária Nelson Hungria desde quarta-feira (23), após prestar depoimento à Polícia Civil.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o médico não precisou pagar fiança e não foram definidas medidas cautelares. Celso deve responder ao inquérito em que é acusado de homicídio por omissão em liberdade.

O idoso Osvaldo Xavier, de 72 anos, chegou à UPA na noite de terça-feira (22) com quadro grave de insuficiência respiratória e morreu após ter o atendimento negado.

Tags: Polícia Civil , Contagem , Morte , UPAs , Médico


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

01/12/2020

Enquete, Nova Versão

Vacina contra o coronavírus começa a ser aplicada na população civil na Rússia

01/12/2020

Painel Alvorada

Brasil ultrapassa a marca de 172 mil mortes por coronavírus

01/12/2020

Painel Alvorada

Ministro da Saúde diz que Brasil não está em segunda onda da pandemia

MAIS RECENTES

Coronavírus já matou 10.051 pessoas em MG; empresas pedem autorização para vacina na UE

Dados do Inpe revelam aumento de 9,5% o no desmatamento da Amazônia

Morre, aos 83 anos, o fotojornalista Sergio Jorge

Nagib Simões é eleito novo presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro

VER MAIS NOTÍCIAS