• Min: 20 °C Max: 35 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Setembro de 2020 geoclima

MPMG pede que CSN retire moradores em área de risco de rompimento de barragem em Congonhas

• 26/06/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Google Maps

Liminar que obriga a CSN a retirar cerca de 3 mil moradores de bairros próximos à barragem Casa de Pedra, em Congonhas, foi apresentada pelo Ministério Público de Minas à Justiça. O pedido foi feito devido ao iminente risco de rompimento da estrutura, que deve ser desativada até o fim deste ano. A CSN ainda não se manifestou sobre o assunto. Ontem (25), um projeto que torna crime o rompimento de barragens foi aprovado na Câmara dos Deputados. O texto também prevê prisão de responsáveis por desastres ambientais e a ampliação dos valores das multas por infrações ambientais. A proposta agora segue para votação no Senado.

Tags: Minas , Barragens , CSN , Congonhas , Ministério Público


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

29/09/2020

Enquete, Nova Versão

Minas tem 7.259 mortes por Covid-19; Casos confirmados passam de 292 mil

29/09/2020

Painel Alvorada

Governo de Minas apresenta protocolo sanitário para volta presencial às aulas no estado

29/09/2020

Painel Alvorada

Minas ultrapassa 55 mil casos de dengue em 2020

MAIS RECENTES

Brasil se aproxima da marca de 143 mil mortes por coronavírus

Lei que amplia punição de maus-tratos contra os animais é sancionada por Bolsonaro

Terminam hoje as inscrições para vagas remanescentes do ProUni

Artistas brasileiros são indicados para 12 categorias do Grammy Latino

VER MAIS NOTÍCIAS