• Min: 17 °C Max: 31 °C
  • Belo Horizonte, 26 de Janeiro de 2021 geoclima

MPMG pede que CSN retire moradores em área de risco de rompimento de barragem em Congonhas

• 26/06/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Google Maps

Liminar que obriga a CSN a retirar cerca de 3 mil moradores de bairros próximos à barragem Casa de Pedra, em Congonhas, foi apresentada pelo Ministério Público de Minas à Justiça. O pedido foi feito devido ao iminente risco de rompimento da estrutura, que deve ser desativada até o fim deste ano. A CSN ainda não se manifestou sobre o assunto. Ontem (25), um projeto que torna crime o rompimento de barragens foi aprovado na Câmara dos Deputados. O texto também prevê prisão de responsáveis por desastres ambientais e a ampliação dos valores das multas por infrações ambientais. A proposta agora segue para votação no Senado.

Tags: Minas , Barragens , CSN , Congonhas , Ministério Público


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

22/01/2021

Enquete, Nova Versão

Plano de retomada econômica pós-pandemia é anunciado pela ALMG

22/01/2021

Painel Alvorada

Minas enfrenta o Taubaté na Superliga Masculina de Vôlei

22/01/2021

Painel Alvorada

Assembleia de Minas anuncia plano para retomada econômica do estado

MAIS RECENTES

STF autoriza abertura de inquérito para apurar atuação de Pazuello em crise no Amazonas

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 2 milhões

Atlético enfrenta o Santos em partida decisiva pelo Campeonato Brasileiro

Otimismo com chegada de vacinas deve favorecer retomada de discussões sobre reforma tributária

VER MAIS NOTÍCIAS