• Min: 19 °C Max: 31 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Outubro de 2020 geoclima

Mulher suspeita de racismo em Contagem é liberada após pagar fiança

• 26/12/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: FOTO: REPRODUÇÃO / RECORD TV MINAS

Após pagar fiança de R$ 2 mil, Ariane Viriato, de 31 anos, foi liberada pela Polícia Civil nesta quarta-feira. Ela foi presa na terça, no bairro Santa Maria, em Contagem, após chamar o porteiro do prédio onde mora de “macaco” e “fedorento”. A agressão teria ocorrido por causa de um problema no interfone do edifício na noite de Natal.

O porteiro Gilson Vitalino contou que o aparelho não estava funcionando e a orientação do síndico era de que os visitantes ligassem para os moradores, que deveriam comparecer à portaria para liberar a entrada. O que irritou a moradora. Ariane negou as ofensas ao porteiro e disse que não é racista, alegando ser fã do jogador Sassá, do Cruzeiro.

Tags: Contagem , Racismo


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

09/10/2020

Enquete, Nova Versão

Tradicional missa de Nossa Senhora Aparecida é alterada em Contagem

09/10/2020

Alvorada Esporte

Liga Francesa absolve Neymar e Álvaro González em caso de racismo

09/10/2020

Alvorada Esporte

PSG pede investigações sobre caso de racismo contra Neymar

MAIS RECENTES

Campanha de vacinação é prorrogada até 20/11 em MG

Brasil ultrapassa a marca de 158 mil mortes por coronavírus

Taxa básica de juros é mantida em 2% ao ano pelo Copom

Feira de imóveis tem descontos de até R$ 30 mil no IPTU

VER MAIS NOTÍCIAS