• Min: 18 °C Max: 30 °C
  • Belo Horizonte, 03 de Dezembro de 2020 geoclima

Nova ação contra CSN por barragem em Congonhas é movida pelo Ministério Público

• 30/04/2019 • Notícias

foto
Foto: Reprodução

Nova ação civil pública contra a CSN foi protocolada ontem (29) pelo Ministério Público de Minas Gerais. O pedido trata de medidas que devem ser tomadas pela mineradora para garantir a segurança das pessoas que vivem na área de risco em caso de rompimento da barragem Casa de Pedra, em Congonhas, região Central do estado. Entre as ações previstas está o pagamento de R$ 3 mil para cada família que quiser deixar os bairros que ficam no entorno da estrutura. Além disso, o MP solicita o aluguel de creches e escolas em locais seguros para as crianças e os adolescentes que vivem nestes locais. A CSN informou que, por enquanto, não vai se manifestar sobre a ação do Ministério.

Tags: Barragens , CSN , Congonhas


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

25/11/2020

Enquete, Nova Versão

Moradores de Nova Lima e Raposos vão participar de testes das sirenes de barragens da Vale

25/11/2020

Painel Alvorada

Justiça determina retomada das medidas de segurança em barragens da Vale

25/11/2020

Painel Alvorada

Buscas em Brumadinho são alteradas devido à identificação de trincas em barragem da Vale

MAIS RECENTES

Reino Unido e Japão avançam em vacina contra Covid-19; Brasil diz que vai buscar por "excelência"

Minas Gerais completa 300 anos! Confira programação

Número de leitos para idosos com coronavírus é ampliado em BH

Mais de 6 milhões de estudantes não tiveram acesso a atividades escolares em outubro

VER MAIS NOTÍCIAS