• Min: 12 °C Max: 27 °C
  • Belo Horizonte, 16 de Abril de 2021 geoclima

Pagamento de gratificações aos médicos da Fhemig foi criticado pela Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas

• 14/04/2020 • Painel Alvorada

foto

Pagamento de gratificações de até 6 mil reais aos médicos da Fhemig que estão na linha de frente no combate ao coronavírus foi criticado ontem pela Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas. O motivo é a exclusão de outros profissionais, como enfermeiros, que não serão contemplados com o bônus, mesmo trabalhando no atendimento direto aos pacientes com a doença.

A entidade pediu que a decisão seja reavaliada, mas o governo de Minas alega que os valores extras são para cobrir a remuneração defasada de alguns níveis da carreira médica. O decreto entrou em vigor na sexta-feira, e também estabelece a remuneração de médicos contratados temporariamente em até 9 mil reais para jornada de trabalho de 24 horas semanais.

Tags: Saúde , Governo de Minas , Minas Gerais , FHEMIG , médicos


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

26/03/2021

Enquete, Nova Versão

Ciência em Foco: como manter a saúde mental após um ano de pandemia?

26/03/2021

Painel Alvorada

Venda de nove planos de saúde é suspensa pela ANS

26/03/2021

Alvorada Esporte

Zema confirma paralisação do Campeonato Mineiro a partir de segunda-feira

MAIS RECENTES

Zema anuncia retorno de 70% do estado para onda vermelha do Minas Consciente

Brasil ultrapassa a marca de 362 mil mortes pela covid-19

Decreto que inclui Correios no programa de privatizações do governo é publicado no DOU

Liminar sobre condenações do ex-presidente Lula será julgada no plenário do STF

VER MAIS NOTÍCIAS