• 20ºC
  • Belo Horizonte, 23 de Julho de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Reforma da Previdência: Câmara aprova mais três mudanças

• 12/07/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Pedro Ladeira/Folhapress

O quarto dia de análise da reforma da Previdência será iniciado hoje (12) na Câmara dos Deputados. Até o momento, foi aprovado o texto-base da proposta com três mudanças. Após oito horas de sessão que terminou nesta madrugada, foram aprovados três destaques e emendas que flexibilizam as exigências para aposentadoria de mulheres, que precisarão ter, no mínimo, 62 anos e 15 de contribuição; de integrantes de carreiras policiais que poderão se aposentar com 53 anos, no caso dos homens, e 52, no caso das mulheres; o texto também reduz o tempo de contribuição de homens que trabalham na iniciativa privada, de 20 para 15 anos. Ainda faltam oito destaques para serem analisados pelo plenário, o que deve ocorrer nesta sexta-feira. Se a votação for concluída ainda hoje, o governo promete tentar aprovar a proposta em segundo turno antes do final de semana.

Tags: Reforma da Previdência , Câmara dos Deputados , Rodrigo Maia


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

18/07/2019

Enquete, Nova Versão

Câmara pretende concluir votação do segundo turno da Reforma até agosto

18/07/2019

Painel Alvorada

Votação da Reforma da Previdência é concluída na Câmara

18/07/2019

Painel Alvorada

Reforma da Previdência é aprovada em primeiro turno na Câmara

MAIS RECENTES

Suspeitos de hackear celular de Sérgio Moro são presos

Boris Johnson é o novo primeiro-ministro do Reino Unido

Anvisa adota risco de morte como único critério para classificar agrotóxicos

Celular do ministro Paulo Guedes é hackeado, diz assessoria do Ministério da Economia

VER MAIS NOTÍCIAS