• 21ºC
  • Belo Horizonte, 15 de Dezembro de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Relatório da CPI de Brumadinho que pede o indiciamento da Vale é entregue

• 18/09/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

Relatório da CPI de Brumadinho na Assembleia de Legislativa de Minas foi entregue a autoridades do Ministério Público, Defesa Civil, Secretaria de Estado do Meio Ambiente, entre outros órgãos.

O texto, que tem mais de trezentas páginas, pede o indiciamento de 11 funcionários da Vale, incluindo o ex-presidente Fábio Schvartsman, e 2 da TUV SUD pelo rompimento da barragem em janeiro.

O relatório ainda faz mais de uma centena de recomendações a órgãos públicos para evitar eventuais novos desastres na mineração, além de pedir que as empresas sejam civilmente responsabilizadas.

Em nota a empresa alemã informou que não vai comentar o relatório, e a Vale disse que discorda da sugestão de indiciamento. A tragédia de Brumadinho deixou 270 mortos, sendo que vinte e uma pessoas seguem desaparecidas.

Tags: Vale , Barragens , Assembleia Legislativa , CPI Brumadinho , CPI das Barragens


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

13/12/2019

Enquete, Nova Versão

Vale irá financiar Rodoanel em BH

13/12/2019

Repórter Alvorada

Estudo mostra que liquefação foi a causa do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho

13/12/2019

Painel Alvorada

Ministério Público de Minas investiga impactos ao meio ambiente em obra da Vale

MAIS RECENTES

Congresso aprova emenda que muda relação entre poderes

Novos saques do FGTS beneficiarão mais de 10 milhões de brasileiros

Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe, é escolhido como um dos 10 principais cientistas do mundo pela revista “Nature”

Áreas sob alerta de desmatamento na Amazônia crescem 78% em relação ao ano passado

VER MAIS NOTÍCIAS