• 26ºC
  • Belo Horizonte, 26 de Janeiro de 2020 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Relatório da CPI de Brumadinho que pede o indiciamento da Vale é entregue

• 18/09/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução

Relatório da CPI de Brumadinho na Assembleia de Legislativa de Minas foi entregue a autoridades do Ministério Público, Defesa Civil, Secretaria de Estado do Meio Ambiente, entre outros órgãos.

O texto, que tem mais de trezentas páginas, pede o indiciamento de 11 funcionários da Vale, incluindo o ex-presidente Fábio Schvartsman, e 2 da TUV SUD pelo rompimento da barragem em janeiro.

O relatório ainda faz mais de uma centena de recomendações a órgãos públicos para evitar eventuais novos desastres na mineração, além de pedir que as empresas sejam civilmente responsabilizadas.

Em nota a empresa alemã informou que não vai comentar o relatório, e a Vale disse que discorda da sugestão de indiciamento. A tragédia de Brumadinho deixou 270 mortos, sendo que vinte e uma pessoas seguem desaparecidas.

Tags: Vale , Barragens , Assembleia Legislativa , CPI Brumadinho , CPI das Barragens


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

23/01/2020

Enquete, Nova Versão

ANM emite alerta para 25 barragens em Minas em decorrência da chuva

23/01/2020

Repórter Alvorada

22 das 41 barragens interditadas no país estão em MG

23/01/2020

Painel Alvorada

Ministério Público denuncia presidente da Vale e mais 15 pessoas por homicídio doloso e crimes ambientais

MAIS RECENTES

Servas recebe doações para atingidos das chuvas

Sobe para 26 o numero de mortes causadas pelo coronavírus no mundo

Bolsonaro descarta desmembramento do Ministério da Justiça

Goleiro Rafael aciona Cruzeiro na Justiça por atrasos de salários, férias e FGTS

VER MAIS NOTÍCIAS