• Min: 18 °C Max: 30 °C
  • Belo Horizonte, 03 de Dezembro de 2020 geoclima

Samarco é condenada a pagar R$ 40 milhões por danos aos atingidos em Mariana

• 23/10/2019 • Painel Alvorada

foto
Foto: Reprodução/YouTube

Pagamento de R$ 40 milhões para que a Samarco volte a operar em Mariana, na região Central do estado, foi determinado em um acordo entre a empresa e a Justiça. O tratado foi fechado no último dia 26, mas divulgado apenas nesta segunda-feira (22) pelo Tribunal Regional do Trabalho de Minas. 

Os valores serão destinados ao pagamento de danos morais às famílias afetadas pelo rompimento da barragem de Fundão, assim como à execução de projetos e medidas compensatórias nas regiões atingidas pela tragédia.

O desastre, que completa quatro anos em novembro, deixou 19 pessoas mortas, além de uma série de danos ambientais. O acordo ainda prevê que a Samarco elabore e implemente um plano de emergência para identificar situações de risco de ruptura de barragens e taludes. Em nota, a Samarco disse que vai cumprir as determinações da justiça.

Tags: Barragens , Mariana , Samarco , Justiça , Minas Gerais


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

02/12/2020

Enquete, Nova Versão

Minas Gerais completa 300 anos! Confira programação

02/12/2020

Painel Alvorada

Moradores de Nova Lima e Raposos vão participar de testes das sirenes de barragens da Vale

02/12/2020

Painel Alvorada

Invasão de computadores do Superior Tribunal de Justiça é investigada pela Polícia Federal

MAIS RECENTES

Reino Unido e Japão avançam em vacina contra Covid-19; Brasil diz que vai buscar por "excelência"

Número de leitos para idosos com coronavírus é ampliado em BH

Mais de 6 milhões de estudantes não tiveram acesso a atividades escolares em outubro

Nascidos em julho recebem nova parcela do auxílio emergencial

VER MAIS NOTÍCIAS