• Min: 19 °C Max: 25 °C
  • Belo Horizonte, 30 de Outubro de 2020 geoclima

Servidores do Hospital Júlia Kubitschek paralisaram os serviços hoje

• 27/04/2020 • Repórter Alvorada

foto
Foto: ADAIR GOMEZ/FHEMIG

Servidores do Hospital Júlia Kubitschek, no bairro Milionários, região do Barreiro, cruzaram os braços nesta manhã. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Minas, o grupo reivindica o pagamento de gratificações de até 6 mil reais, concedidas aos médicos contratados temporariamente pela Fhemig para atuar na linha de frente do combate ao coronavírus.

A categoria também quer o afastamento dos profissionais que estão no grupo de risco e que continuam trabalhando. A Fundação não disse se a paralisação, que vai durar até às duas da tarde de hoje, prejudica os atendimentos e alega que os valores extras pagos aos profissionais recém-admitidos são para cobrir a remuneração defasada de alguns níveis da carreira médica.

Tags: Saúde , belo horizonte , FHEMIG , coronavírus , Hospital Júlia Kubitschek


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

30/10/2020

Enquete, Nova Versão

Atlético é multado pelo STDJ por descumprimento de protocolo sanitário da CBF

30/10/2020

Painel Alvorada

Brasil se aproxima da marca de 160 mil mortes por coronavírus

30/10/2020

Painel Alvorada

Brasil ultrapassa a marca de 158 mil mortes por coronavírus

MAIS RECENTES

Prazo para renovação da matrícula na rede pública estadual é adiado em Minas

Decisão que permitia a exploração de manguezais e restingas do país é derrubada pelo STF

Receita Federal paga lote residual de restituições do Imposto de Renda

Brasileira e outras duas pessoas morrem em atentado na França

VER MAIS NOTÍCIAS