• Min: 16 °C Max: 30 °C
  • Belo Horizonte, 13 de Abril de 2021 geoclima

Servidores do Hospital Júlia Kubitschek paralisaram os serviços hoje

• 27/04/2020 • Repórter Alvorada

foto
Foto: ADAIR GOMEZ/FHEMIG

Servidores do Hospital Júlia Kubitschek, no bairro Milionários, região do Barreiro, cruzaram os braços nesta manhã. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Minas, o grupo reivindica o pagamento de gratificações de até 6 mil reais, concedidas aos médicos contratados temporariamente pela Fhemig para atuar na linha de frente do combate ao coronavírus.

A categoria também quer o afastamento dos profissionais que estão no grupo de risco e que continuam trabalhando. A Fundação não disse se a paralisação, que vai durar até às duas da tarde de hoje, prejudica os atendimentos e alega que os valores extras pagos aos profissionais recém-admitidos são para cobrir a remuneração defasada de alguns níveis da carreira médica.

Tags: Saúde , belo horizonte , FHEMIG , coronavírus , Hospital Júlia Kubitschek


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

13/04/2021

Enquete, Nova Versão

Diretor-geral da OMS alerta que pandemia está longe de acabar

13/04/2021

Painel Alvorada

Vacinação contra a covid-19 será ampliada amanhã para idosos com 63 anos em BH

13/04/2021

Painel Alvorada

Coronavírus já matou 28.090 pessoas em MG

MAIS RECENTES

TJMG determina recuperação judicial da Samarco e suspende dívidas da mineradora

América anuncia contratação do meia Ramon para a temporada 2021

Com rescisão publicada, zagueiro Manoel pode deixar o Cruzeiro

Joaquim Silva e Luna é aprovado para o conselho administrativo da Petrobras

VER MAIS NOTÍCIAS