• 21ºC
  • Belo Horizonte, 20 de Setembro de 2019 geoclima

CLIQUE E COMPARTILHE

status

TINA TURNER

I don't wanna lose you

  • VAI TOCAR
  • -
  • -
play ouça agora

BIOGRAFIA DO ARTISTA

Sobe para 232 número de mortes confirmadas na tragédia da Vale em Brumadinho

• 24/04/2019 • Notícias

foto
Foto: Reprodução

Sobe para 232 o número de mortes confirmadas na tragédia da Vale em Brumadinho, na Grande BH. Quarenta pessoas permanecem desaparecidas, segundo balanço da Defesa Civil divulgado ontem (23). A estrutura se rompeu em 25 de janeiro deste ano, e além das centenas de mortes, ainda contaminou o Rio Paraopeba, um dos afluentes do São Francisco. A reunião que estava marcada para esta terça para instalar a CPI da Câmara que vai investigar o rompimento da barragem da Mina do Feijão, foi adiada para amanhã (25), após determinação do presidente da Casa, Rodrigo Maia. A comissão será composta por 43 titulares e, a princípio, vai funcionar por 120 dias. O grupo terá como objetivo propor mudanças na política de segurança de barragens.

Tags: brumadinho , Vale


COMPARTILHE ESTA MATÉRIA POR:

ESCRITO POR

ALVORADA FM

CONHEÇA A NOSSA PROGRAMAÇÃO

Ao longo de suas quatro décadas de história, a Alvorada FM busca o aperfeiçoamento contínuo para sempre garantir a qualidade e manter-se como sinônimo de modernidade e sofisticação.

VEJA TAMBÉM

18/09/2019

Enquete, Nova Versão

Relatório da CPI de Brumadinho que pede o indiciamento da Vale é entregue

18/09/2019

Painel Alvorada

Pedido de indiciamento de funcionários da Vale é aprovado pela CPI de Brumadinho

18/09/2019

Painel Alvorada

Relatório final sobre a tragédia de Brumadinho deve ser votado nesta quinta

MAIS RECENTES

PBH apresenta plano de obras para evitar enchentes na Avenida Vilarinho

Preso é flagrado com dois celulares no estômago em presídio de Ribeirão das Neves

Senador Fernando Bezerra põe cargo de líder do governo à disposição após operação da Polícia Federal

Minas é o estado com maior número de acidentes e mortes em rodovias federais

VER MAIS NOTÍCIAS